Home / Destaque / 13 razões para realizar exercícios de alongamento
13 razões para realizar exercícios de alongamento

13 razões para realizar exercícios de alongamento

Por desempenhar um papel preponderante na capacidade motora do Homem, a flexibilidade influência diversos factores da motricidade humana destacando-se o aumento da consciência corporal.

  • Reduzem as tensões articulares causadas por músculos muito encurtados – Muitas das dores na região dos ombros, na coluna cervical, na coluna lombar, nas pernas e em várias outras partes do corpo humano, podem estar relacionadas com a falta de flexibilidade do corpo, decorrente, por vezes, dos encurtamentos musculares.
  • Aumento da eficiência mecânica – Os últimos 10 a 20% do arco articular são caracterizados por terem uma resistência muito forte ao movimento provocado pela proximidade do limite da distensão dos músculos, ligamentos e tecido conjuntivo envolvidos. Assim, sempre que estiver nestes últimos graus do arco articular do movimento, têm de se realizar um esforço superior para conseguir a execução completa.
  • Diminuição dos riscos de lesões e distensões – É importante que as pessoas, sedentárias ou não, realizem pausas no decorrer do dia, principalmente durante algumas actividades laborais, para realizar alongamentos musculares. Essa prática é fundamental para evitar diversas doenças osteomioarticulares (patologias ósseas, musculares e articulares) e para a melhora da qualidade de vida.
  • Aumento da mobilidade articular – O alongamento, por explorar apenas os limites já alcançados de amplitude do movimento, não força as articulações além dos seus limites, não causando adaptações nessas estruturas. Por sua vez, a flexibilidade estimula as articulações a procurarem adaptações que permitam alcançar arcos articulares
  • Aperfeiçoamento motor – Uma boa flexibilidade permite realizar arcos articulares mais amplos, possibilitando a execução de movimentos e gestos desportivos que de outra forma não seriam possíveis.
  • Prevenção de lesões – Este aspecto é, ainda, muito controverso e refere-se à diminuição do risco de lesões. Apesar de se afirmar que o aumento da flexibilidade reduz o risco de lesões músculo-esqueléticas, este dado ainda não foi comprovado experimentalmente.
  • Expressividade e consciência corporal – Uma boa flexibilidade permite realizar os movimentos com maior elegância, harmonia, menor consumo energético e com amplitudes superiores. Além disso, permite ao praticante ter consciência dos seus segmentos corporais. Outra forma de expressão motora também o permite, no entanto, a flexibilidade desenvolve essa consciência de forma mais apurada.
  • Redução dos níveis de stress – A flexibilidade é importante no tratamento contra o stress, porque alivia e contraria a rigidez das fibras, proporcionada por uma contracção muscular intensa e dolorosa. A massagem e o estiramento, proporcionam um aquecimento e relaxamento geral nos pontos dolorosos, irrigando melhor os vasos sanguíneos e aliviando a dor. Amplia o relaxamento físico e mental.
  • O alongamento pode ajudar a reverter o endurecimento das artérias –Pesquisadores mostraram que alongamentos regulares (na forma de ioga) conjugado a exercícios aeróbicos e uma dieta controlada, reduzem o colesterol e revertem significativamente o endurecimento das artérias (20% de reversão) em adultos com arteriosclerose. Depois de um ano praticando ioga de forma regular, os participantes perderam peso, reduziram os níveis de colesterol a melhoraram sua capacidade de se exercitar (Retardation of coronary atherosclerosis with yoga lifestyle intervention, 2000, Manchanda).
  • Possível aumento do volume e do número de fibras musculares (Hipertrofia e Hiperplasia). Certo número de estudos realizados em animais, chegaram à conclusão de que os alongamentos musculares podem aumentar a dimensão das fibras musculares, bem como o seu número. Além disso, alguns tipos de treino, (Doggcrapp) e treinadores de culturismo (Dante Trudel, John Parrillo), defendem que se deve realizar alongamentos, de forma a “criar espaço” para que o musculo possa aumentar de tamanho.
  • Propicia condições para a melhoria de agilidade, força e velocidade.
  • Reduz a degeneração física associada com a idade.
  • Auxilia a recuperação muscular.

Os exercícios de alongamento devem ser feitos de forma lenta e cautelosa, tenha em conta que um alongamento inadequado pode resultar em sérias lesões. Os alongamentos devem ser realizados de preferência quando o corpo está “quente”, Aqueça com 5 minutos na bicicleta estática ou máquina elíptica, durante o exercício, devem ser realizadas respirações lentas e profundas para auxiliar no relaxamento corporal e na melhor oxigenação dos tecidos.

Também é necessário respeitar o limite do estiramento muscular para evitar danos ao músculo. Além disso, é fundamental respeitar a duração de cada procedimento, em média, cada alongamento deve ser mantido por cerca de 25 a 40 segundos.

Fonte: http://www.musculacao-pt.net

Comentários

Comentários

One comment

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top

x
Cadastre-se em nossa Newsletter

Nutrimundo

Garota Fit

Receitas

Creme de abacate proteico
Suco antioxidante e proteico de romã e laranja
Doce de batata doce proteico de chocolate (sem açúcar)
Pasta de Amendoim
Manteiga Ghee ou clarificada
Shake hipercalórico
Queima de gordura – A verdade!!!
Shakes pré e pós treino
Suco de beterraba Pré-treino
Shake de Banana
Suco Verde Emagrecedor
Ovos a moda do cheff.

Entrevistas

BODYACTION SPORT NUTRITION

Fabrica de Suplementos

Easy Suplementos

Promoção MHP

MW Suplementos

Size Matters

Estilo Saudável

Corpo em Dia

Trendorfina

Shop Nutrition

Suplementos Americanos

Cadastre e receba dicas em seu e-mail.

* indicates required

Movimento e Companhia