Home / Destaque / A proteína whey engorda?
A proteína whey engorda?

A proteína whey engorda?

Todos os dias me colocam dúvidas e uma das que me tem aparecido com maior frequência é a que se segue; “A proteína engorda?“.

Para muitos esta poderá ser uma pergunta estranha, mas o que é certo é que há muitas pessoas que a têm.

Antes de começar a responder a esta questão, parece-me melhor proporcionar uma explicação breve sobre o que é realmente a proteína whey.

O que é a proteína whey?

shake_proteinaA proteína whey é na verdade soro de leite, que está presente no leite e outros lacticínios. É a proteína de mais elevado valor biológico conhecida. É um subproduto da produção do queijo que pode posteriormente ser processado e transformado em pó.

A proteína whey é um dos suplementos alimentares mais vendidos e consumidos do planeta, sendo que praticamente nenhum praticante de musculação ou de desportos de força passa sem ele.

Devido ao seu elevado teor de proteína, poderá ajudar a manter a massa muscular enquanto se segue uma dieta para perda de peso e também pode ser útil quando o objetivo é a hipertrofia muscular, existindo evidências de que pode aumentar a síntese de proteína, especialmente quando consumida no período pré e pós-treino.

Pelo menos num estudo foi comprovada a superioridade da proteína whey em relação à proteína caseína quando a consumida antes e depois do treinos (1).

Whey Protein Engorda?

As porções individuais de proteína de soro de leite tendem a ser baixas em calorias, por isso é pouco provável que a proteína whey o possa fazer engordar.

Embora os perfis nutricionais possam variar ligeiramente por marca, um “scoop” de proteína whey  concentrada contém, tipicamente, cerca de 120 calorias, com 1 g de gordura, 3 g de hidratos de carbono e 24 g de proteína.

O que na verdade irá determinar se irá engordar, manter o peso atual ou ainda emagrecer, é o número total de calorias que ingere e se este ultrapassa ou é inferior ao número de calorias de que o seu corpo necessita para o seu normal funcionamento.

Imagine por momentos que o seu corpo necessita de 2000 calorias por dia para poder funcionar normalmente, e imagine também que está a ingerir aproximadamente 2000 calorias por dia, pelo que o seu peso se tem mantido relativamente estável.

O que irá acontecer se introduzir por exemplo 2 “scoops” de proteína por dia? O mais provável é que neste contexto, venha a aumentar de peso devido ao ligeiro excesso calórico, e também é perfeitamente possível que esse aumento seja em grande parte composto por gordura.

Agora tenha em atenção que não podemos afirmar que esse aumento de peso foi provocado pela proteína whey, mas sim pela dieta no seu todo, que em conjunto ultrapassa o seu número de calorias de manutenção.

Note também que o mesmo aumento de peso também aconteceria caso introduzisse um qualquer outro alimento com um número significativo de calorias.

Inchaço

 corpo_shake

Caso seja intolerante à lactose, será melhor optar por uma proteína whey isolada ou proteína de ovo.

Desde que tenha em conta o número de total de calorias que ingere, é muito improvável que ganhe gordura devido à proteína whey por si só. Mas é possível que fique com inchaço abdominal.

Se você for intolerante à lactose, um açúcar que está presente nos concentrados de proteína whey, poderá sentir desconforto e inchaço abdominal, que poderá fazer com que pareça que ganhou gordura.

Se você é intolerante à lactose, seria melhor optar uma proteína Whey Protein Isolate (+ de 90% de proteína), porque este tipo de proteína whey possui quantidades bastante inferiores de lactose.

Para além disso, se realmente não tolerar nenhum tipo de proteína whey, tem sempre outras fontes de proteína em pó a que pode recorrer, como por exemplo a proteína de ovo.

Perda de Peso

A proteína whey pode na verdade, ajudar a perder peso, mas você ainda terá que consumir uma dieta de calorias reduzidas. No entanto, a proteína de soro de leite pode tornar mais fácil a dieta, até porque a proteína é o macronutriente que proporciona a maior sensação de saciedade e também o mais “dispendioso” de digerir.

Uma investigação publicada na edição de Outubro de 2010 o “British Journal of Nutrition” indica que a proteína de soro de leite é mais saciante e que reduz o consumo alimentar em comparação com outras formas de proteína.

Apesar da proteína whey ser insulinogénica e de ter aumentado mais os níveis de insulina do que outros tipos de proteína como o atum, ovo e peru, reduziu mais o apetite e ingestão de energia na refeição posterior em comparação com as outras refeições de proteína, indicando um potencial para a supressão de apetite e perda de peso em indivíduos com excesso de peso ou obesos (2).

Ganho muscular

O aumento do consumo de proteína poderá facilitar o aumento da massa muscular. A protéina whey contém aminoácidos, que o corpo utiliza para sintetizar os tecidos tais como o músculo e pele.

Uma investigação publicada na edição de janeiro de 2008 do “British Journal of Nutrition” indica que o consumo de proteína de soro de leite pode aumentar os efeitos do treino de musculação em termos de ganhos musculares (3).

Fonte: 

Comentários

Comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top

Receitas

Receita: Nutella Fake
Easyfit: Receita de Coxinha de batata doce
Bolo de microondas sem glúten e lactose
Receita de mousse de morango
BOLO de CENOURA FIT!!!
Bolo todo de Chocolate Fit
Receita de Suflê de atum
Torta de legumes sem glúten, lactose e ovo
Suco verde (o original)
Pudim de Tapioca
Como fazer cookies proteícos
Receita: Milk Shake saudável

Cadastre e receba dicas em seu e-mail.

* indicates required