Home / Destaque / Dor:compressa quente ou fria?
Dor:compressa quente ou fria?

Dor:compressa quente ou fria?

Compressas frias:
Esse tipo é indicado para as primeiras 48 horas após uma lesão repentina, provocada por quedas ou pancadas, assim como para cãibras, tensão ou fadiga.

De uma maneira geral, a compressa feita com gelo é mais indicada em casos de traumatismo provocado por quedas ou pancadas. “A ação anestésica do gelo ajuda a evitar que o inchaço e o hematoma na região machucada fiquem muito grandes. Já a compressa quente deve ser usada numa segunda etapa, cerca de dois dias depois do trauma. Se for uma distensão muscular, aplica-se a compressa quente de cinco a sete dias depois de ocorrer a lesão. Ela ajuda a aumentar a circulação sangüínea na região afetada, diminuindo os riscos de uma inflamação”, afirma a fisioterapeuta Emília Nozawa, da Universidade de São Paulo (USP).

Existe ainda uma terceira alternativa, muito usada nos tratamentos pós-imobilização e pós-cirurgia: o chamado contraste. “Depois que a pessoa retira o gesso, por exemplo, ou passa por uma cirurgia ortopédica, os membros – principalmente os inferiores – permanecem imóveis, o que causa uma circulação mais lenta. Por isso, é comum aplicar uma alternância de compressas quentes e frias, que acabam funcionando como uma bomba, estimulando a circulação de sangue na região”, diz o ortopedista Wagner Taffo Thomazin, também da USP.

CALORZINHO BOM

Aquecimento estimula a circulação e relaxa a musculatura

A compressa quente faz os vasos sangüíneos dilatarem, aumentando o fluxo de sangue na região tratada. Isso ajuda a conter o processo inflamatório. Se houver formação de hematoma ou edema (inchaço provocado pelo líquido extravasado), o calor amolece o líquido que vazou dos vasos e se acumulou em torno da região afetada. Isso auxilia na reabsorção do líquido pelo organismo

ArnoldLEsaoRECOMENDAÇÕES E CUIDADOS ESPECIAIS

Apesar de o frio reduzir tanto a dor quanto inchaços como edemas e hematomas, ele pode fazer mal a peles muito sensíveis. Por isso, não é aconselhável usar o gelo por mais de 12 minutos ininterruptos. Entre uma aplicação e outra deve-se fazer um intervalo de, pelo menos, dez minutos. Além disso, é oportuno evitar o gelo em feridas abertas e queimaduras (caso em que é melhor usar a água fria como anestesia). O frio também pode ser usado por atletas e ginastas na prevenção de cãibras e no tratamento de tensão e fadiga.

BENEFÍCIO GELADO

Além de anestésico, o frio contrai os vasos sangüíneos, diminuindo inchaços

1 – Traumas provocados por quedas ou pancadas costumam romper os vasos dos sistemas sangüíneo e linfático. O vazamento desses dois líquidos – o sangue e a linfa – é responsável pelos inchaços (edemas e hematomas) que aparecem após a lesão

2 – Se logo após o trauma for aplicado gelo, os vasos se contraem, fazendo com que o fluxo do vazamento seja bem menor e, em conseqüência, o inchaço e o hematoma se reduzam também. Além disso, se a pele for resfriada a 12ºC ou 13ºC, os receptores de dor param de funcionar – daí o efeito anestésico do gelo.

RECOMENDAÇÕES E CUIDADOS ESPECIAIS

O calor é indicado nos casos em que a pessoa sente dor mas não apresenta inchaço. Um exemplo é o começo de uma dor de dente, quando a inflamação ainda não se agravou, mas o sofrimento já é considerável. O mesmo vale para casos de reumatismo e tendinite. Dependendo da área em que for aplicado, o calor pode tanto melhorar a respiração quanto diminuir a secreção ácida do intestino, aliviando dores renais e estimulando a produção de urina. Compressas quentes também ajudam a combater as cólicas menstruais, devido ao relaxamento muscular na região do ventre.

TÉCNICA MISTA: O CONTRASTE

Alternância de quente e frio equivale a uma massagem

Existem casos em que a melhor pedida não é adotar extremos de temperatura isolados e sim a combinação de ambos. A terapia chamada contraste usa a aplicação alternada de compressas frias e quentes para contrair e dilatar seguidamente os vasos sangüíneos, aumentando a circulação no local afetado. A técnica é especialmente indicada para infecções, distensões, inflamações e dores de cabeça causadas por tensão nervosa ou muscular.

 

Fonte: http://www.marombapura.blog.br

Comentários

Comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top

Publicidade

Receitas

Shakes pré e pós treino
Suco de beterraba Pré-treino
Shake de Banana
Suco Verde Emagrecedor
Ovos a moda do cheff.
Barras de proteína
Pudim de chocolate com whey protein
Bolo maromba de aipim sem farinha e sem açúcar
Panqueca De Banana Com Aveia
Panqueca salgada sem carboidrato
Homus magro com cottage
Kafta ao Forno

Post Recentes

Entrevistas

BODYACTION SPORT NUTRITION

Fabrica de Suplementos

Easy Suplementos

Size Matters

Estilo Saudável

FitGreen

Trendorfina

Promocional Fitness

Suplementos Americanos

Palmilhas Up